#Ajudando Negócios Crescer Online

  • Campanhas Digitais B2B & B2C
  • Afiliados
  • SEO Truques & Dicas
  • Revisão

4 Dicas Para Empreender e Aplicar Hoje no Seu Negócio Online

4 Dicas Para Empreender

No artigo de hoje venho vos falar de 4 dicas ou estratégias de marketing que pode mudar significativamente a forma como organizam o seu negócio, a forma como podem posicionar no mercado para comunicação e aquisição de novos clientes, sobretudo nessa era em que cada vez fica mais difícil a aquisição de clientes, e as empresas têm tido muitas dificuldades em se organizarem para a resolução deste problema especifico, essas 4 dicas para empreender e aplicar no seu negócio que aqui venho explicar é verdadeiramente necessário e importante, e assim sugiro que tentem perceber da melhor maneira porque pode significar a diferença entre alguns e muitos clientes para o seu negócio.

Para quem já alguma vez teve alguma noção de marketing digital, sabe que ouvisse falar muito do conceito “o publico alvo para o meu negócio ou oferta” e é exigido que tentemos perceber quem é esse publico alvo.

Devido a importância em perceber esse facto, é necessário as vezes analisar-mos bem o nosso negócio para perceber quais são as pessoas que pretendemos servir, logo no meu ponto de vista acho que ficaria muito mais fácil se subdividimos em 4 categorias ou partes as ideias a volta do nosso publico alvo. Isso iria fazer com que víssemos e estudássemos cada parte individualmente para um melhor entendimento.

Marketing Digital, O Meu Público Alvo Subdividido em 4 Categorias ou Partes:

  • Quem – quem são as pessoas com quêm pretendo trabalhar?
  • Onde – onde estão estas mesmas pessoas online ou offline?
  • Isca – que método irei usar para comunicar com estas pessoas?
  • Resultado – que resultado quero obter para estas pessoas?

Passando a explicar cada um desses 4 pontos em cima citados: se formos ver melhor esses quatros pontos, representam na integra o cliente que tanto desejamos para o nosso negócio, e se fizermos um trabalho excelente na identificação e determinação exata destes pontos podemos ter muitos bons resultados num futuro próximo na vida do nosso negócio ou empresa.

Quem – o quem aqui seria a pessoa ideal para o nosso negócio que gostaríamos de servir, atenção de que existe elementos que por vezes podemos considerar pouco importantes, mas que tem um peso significativo.

Então quem é essa pessoa? a melhor forma de nos organizarmos a ideia é de criarmos um Avatar representativo desse elemento que por sua vez vamos dando vida ilustrando caraterísticas da pessoa ideal que desejamos servir em nosso negócio

Nas 4 dicas para empreender, ilustrando o ponto quem é importante que comecemos a fazer perguntas reais de aspetos e situações que tem a ver com o comportamento das pessoas para chegarmos a conclusão da pessoa ideal, podemos começar a definir da seguinte maneira:

  • Nome: Sandra Gonsalo Aparicio
  • Idade: 35 anos
  • Sexo: femenino
  • Cor dos olhos: castanhos
  • Estatuto Matrimonial: casada
  • Emprego: Empresária, trabalha por conta própria e ganha 50.000 euros anual
  • Missão: ajudar pessoas asserem bem-sucedidas ensinando partilhando o seu conhecimento.
  • Filhos: 2, casal, Samuel de 8 e Patrícia de 11 anos
  • Qual é o seu maior sonho: Ser feliz e proporcionar uma vida saudável aos seus filhos.
  • Qual é o seu maior medo: perder o seu negócio

A pergunta que fica no ar é que se é necessário sermos tão específicos, repara no que toca a definição do avatar representativo do nosso público alvo, quando mais específico formos melhor, isso ajudará melhor a conhecermos bem para quem direcionar as nossas mensagens.

Dito isso, seja bastante relevante quando for definir o avatar representativo do seu cliente de sucesso, porque é um dos pontos mais importante das 4 dicas para empreender e ter sucesso no seu negócio.

Onde – Pela lógica do que definimos para o nosso (Quem), onde seria o local preferido para localizar o nosso grupo de pessoas ou clientes preferidos para o nosso negócio, e a forma mais fácil de explicar esse conceito seria exemplificando.

Onde seria o melhor lugar para encontrar alguém com as caraterísticas e hábitos da Sandra Gonsalo Aparício, se olhar-mos para a classe social e o estilo de vida da pessoa em causa, acredito que podemos assumir por exemplo grupos nas redes socias, fórum online, pertencer algumas lista de newsletter online para empresarias e não só, no conceito de congregação que significa concentração de grupos de pessoas, podemos ir ainda mais longe nas nossas definições.

Imagina a congregação de um grupo de trabalhadores, colegas de trabalho, grupos de igrejas, associações de escuteiros, a nossa imaginação é o limite para quando formos definir os locais onde podemos encontrar o nosso publico alvo.

Isca – O conceito de isca vem explicar de que forma vamos persuadir o nosso publico alvo, ou seja desviar a atenção dos mesmos quando já sabemos onde os encontrar.

Tudo fica mais fácil se pensar-mos da seguinte maneira, já sabendo onde encontrar os nossos ideais clientes, podemos trabalhar na forma como devemos comunicar com esse grupo e atrai-los para as nossas ofertas, e a melhor forma de o fazer é utilizar mensagens diretas, focadas ao interesse e hábitos que já sabemos acerca do mesmo grupo de pessoas, imagine por exemplo que para uma congregação paroquial, qual mensagem seria a mais adequada para vender alguma coisa, a isca dentro das 4 dicas para empreender, tem um peso muito relevando porque acaba por ser o elemento chave para a atração do grupo ao qual vamos dirigir.

Provavelmente seria bom começar com algumas ideias a volta de produtos ou serviços que esse grupo especifico de pessoas procuram, se calhar se fosse alguém que perceba de assuntos matrimoniais ou de família seria oportuno ter algum tipo de serviço virado para esses temas, sabemos que o pessoal das congregações estão quase sempre virados para união familiar, a palavra do senhor e o bem estar familiar, no fundo é a mensagem que importa, a forma como comunicamos as nossas ideias é relevante ao grupo de pessoas que queremos afetar.

Finalmente temos o Resultado – o resultado não é nada mais nada menos aquilo que decidimos trazer para o cliente a nível de satisfação do serviço prestado, repara que no que toca ao resultado cabe a nós decidirmos até que ponto devemos manter o cliente satisfeito.

Obviamente se estiver a falar de vários níveis de algum serviço prestado sabemos que quanto mais o esforço financeiro por parte do cliente, maior é a satisfação a nível de resultado obtido para o mesmo cliente.

Portanto como viram podemos ser bastantes metódicos no que toca a definição desses quatros pontos para filtrar e definir quem são os nossos clientes, e quem são aqueles que realmente queremos trabalhar com eles.

Importante realçar que para sobrevivência do seu negócio tem que escolher clientes que realmente conseguem pagar pelos seus serviços, quanto não, não valerá a pena, os negócios sobrevivem de clientes que consomem e pagam pelos serviços.

Veja também as técnicas para otimização do seu website aqui e mais referencia para a sua leitura nos links a baixo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *